Restaurantes em Lisboa

Parte importante de qualquer viagem é a hora de experimentar a gastronomia local, ainda mais se tratando de Portugal, onde a comida é tão tão TÃO gostosa em qualquer cantinho que se entre… mas para garantir que você vai ter uma boa experiência, separei aqui algumas ótimas sugestões de restaurantes em Lisboa, desde as famosas “tascas” até restaurantes renomados.

Restaurantes em Lisboa: tascas

Cozinha tradicional portuguesa, toalha de papel, espaço normalmente pequeno, quase sempre o atendimento sendo feito pelos próprios donos e porções (doses) individuais que alimentam facilmente duas a três pessoas: estas são algumas das características de uma típica tasca lisboeta.

Se quer conhecer o melhor da culinária portuguesa, não deixe de incluir uma visita a uma tasca e aqui, selecionamos algumas das várias que valem a pena:

 

1 – O Fernandinho

Esta é uma das nossas tascas preferidas em Lisboa. Com espaço para 30 comensais, O Fernandinho aposta na simpatia e no bom servir, com destaque para os pratos do dia e, claro, para o bagaço que encerra cada refeição.
Seja carne, peixe ou um petisco ao lanche ou ao fim da tarde, nesta tasca vais comer do bom e do melhor, como o bife ou o bacalhau à Fernandinho, que são especialmente saborosos.

Endereço: Rua do Duque 15 (Chiado)

 

2 – O Zé da Mouraria

Aberto à hora de almoço (só encerra aos domingos), neste típico tasco na Mouraria vais comer até te fartares. E porquê? Porque aqui não há doses para uma pessoa: tudo o que quiseres pedir vem em doses industriais que facilmente saciam 2 a 3 comensais.
Aqui, a cozinha portuguesa tem a hegemonia total, devidamente acompanhada da boa simpatia de quem nos serve. Escolhas Chocos ao Alhinho ou Bife à Casa com Molho de Café, vais sair d’O Zé da Mouraria de papo cheio.

Endereço: Rua João do Outeiro 24 (Mouraria)

 

3 – Casa da Índia

A especialidade é frango assado, mas nesta casa vais encontrar um pouco de tudo o que é bom na cozinha tradicional portuguesa, como peixe assado na brasa até bife especial à casa para duas pessoas (imaginas como será?).
Depois, tens sempre os pratos do dia, com destaque para os grelhados, e também uma série de deliciosas sobremesas, que te podem acompanhar num café com bagaço.

Endereço: Rua do Loreto 49-51 (Chiado)

 

4 – Solar dos Mouros

Se procuras uma tasca que te sirva o melhor da cozinha tradicional portuguesa entre as 11h e as 22h (exceto aos domingos, que encerra), o Solar dos Mouros, na Penha de França, é um dos locais a procurar.
Cada dose é servida em grandes proporções, a maioria numa travessa de alumínio, como se quer. A comunicação entre o empregado de mesa e a cozinheira faz parte da música ambiente, assim como o crepitar do grelhador, que é de onde saem a maior parte dos pratos, como as deliciosas Bochechas de Porco Preto.

Endereço: Calçada Poço dos Mouros 83 (Penha de França)

 

5 – A Tasquinha do Lagarto

Em Campolide vais encontrar um sítio muito especial, com pratos tradicionais portugueses de comer e chorar por mais.
Chama-se A Tasquinha do Lagarto e, por entre as várias iguarias que só encontras numa tasca deste género, vais poder provar o melhor Cozido à Portuguesa daquela zona de Lisboa.

Endereço: Rua de Campolide 258 (Campolide)

 

6 – Super Mário

Nesta típica tasca lisboeta vais ouvir o barulho dos almoços, as mesas encavalitadas e, claro, os preços que só uma tasca pode oferecer.
Vais ainda encontrar algumas das melhores iguarias como Joaquinzinhos Fritos com Arroz de Tomate, Caras de Bacalhau ou Feijoada à Transmontana, em pratos de meia ou uma dose.
Às terças não podes perder o Cozido, empratado numa travessa de inox que chega perfeitamente para duas pessoas. Para garantires o teu só tens de chegar um pouco mais cedo que toda a gente porque está sempre a abarrotar de pessoal que trabalha nesta zona da cidade.

Endereço: Rua do Duque 7-9 (Chiado)

 

7 – Restaurante Cabaças

Parabéns se for a primeira vez que aqui vens e consegues logo arranjar mesa. É que é mesmo muito complicado, até porque não aceitam reservas. Por isso, os primeiros a chegar são aqueles que vão ter o prazer de se degustar com um belo naco de carne na pedra (não há outro sítio em Lisboa onde tenhamos comido melhor).
É neste tipo de restaurantes, parecidos com as antigas tascas do Bairro Alto, que gostamos mais de estar, onde é bom jantar com amigos entre dois dedos de conversa.

Endereço: Rua das Gáveas 8 (Bairro Alto)

 

8 – O Velho Eurico

O Velho Eurico é uma Casa de Pasto como deve ser, onde as doses são decentes, a comida é boa e o preço é honesto.
Na ementa, todos os clássicos, da chanfana ao bacalhau, regados pela vinhaça fresquinha, sobremesa e cafezinho. Uma refeição daquelas para ir desmoendo Mouraria abaixo, cinto desapertado, coração bem cheio.

Endereço: Largo São Cristóvão 3-4 (Mouraria)

 

9 – O Trigueirinho

Se quiséssemos definir O Trigueirinho numa só frase seria algo como: restaurante de comida tradicional portuguesa, com menus do dia a preços muito convidativos. Mas O Trigueirinho é muito mais do que isto.
O Trigueirinho é um daqueles restaurantes familiares que nos deixa felizes e de barriga cheia, fica escondido entre as ruelas da Mouraria e é onde o ambiente é espetacular, o atendimento é simpático e os temperos e os cheiros, perfeitamente conjugados, resultam em verdadeiros pratos típicos.

Endereço: Largo dos Trigueiros 17 (Mouraria)

 

10 – Tasca do Gordo

Aqui serve-se o melhor da comida portuguesa. Fundado em 1982, na Tasca do Gordo serve-se bom e barato e ainda tem uma bela esplanada para os dias de mais calor.
Mão de vaca, Naco à Gordo e Espetada de vaca são os pratos de eleição que tens mesmo de provar.

Endereço: Rua Cordoeiros a Pedrouços 33 (Belém)

Restaurantes em Lisboa: comida típica

 

1 – A Casa do Bacalhau

A Casa do Bacalhau é um restaurante temático de comida portuguesa onde, tal como o nome indica o bacalhau é rei.
Esta dedicação é revelada através de um menu com 25 maneiras diferentes de desfrutar o bacalhau. Mais de cem marcas de vinhos, para além das sobremesas típicas, fecham o círculo de prazer de estar aqui para degustar algumas das surpresas que o menu proporciona.

Endereço: Rua do Grilo, 63Lisboa1950-145

 

2 – A Floresta do Salitre

Comer bem e barato perto da Avenida da Liberdade não é uma utopia. Nesta Floresta, quando o relógio se aproxima das 13.00, as mesas já estão cheias, e da cozinha vão saindo bons pratos típicos portugueses. O serviço é simpático, à antiga, as sopas são caseiras, os pratos bem cheios. À sexta-feira há uma competição para ver se sai mais bacalhau com grão (sempre em postas generosas) ou a entremeada de leitão, acompanhada por batata frita caseira às rodelas. Mas o arroz de garoupa ou o bitoque da vazia são boas apostas todos os dias. Antes de pedir a conta, olhe para a montra de sobremesas. Vale a pena.

Endereço: Rua do Salitre, 42 DLisboa1250-096

 

3 – Adega da Tia Matilde

É difícil escolher a razão pela qual a Adega da Tia Matilde é mais conhecida: se pela comida tradicional, se por ter sido durante anos um dos poisos favoritos de Eusébio. Mas se não está familiarizado com ela ainda (como não?) pode lá ir tanto para ver a justa homenagem ao Pantera Negra, como para provar as pataniscas, o cozidos, os filetes de garoupa, o coelho à caçador, o bacalhau à Isabel, a feijoada à transmontana, o leite-creme, tudo o que é português e bom, em doses sempre muitíssimo generosas.

Endereço: Rua da Beneficência, 77 (Avenidas Novas)Lisboa1600-017

 

4 – D’Bacalhau

Especializado em Bacalhau o nosso Restaurante procura a qualidade como foco principal da gastronomia de Portugal, e a inovação é também uma preocupação, por isso, pratos da autoria do Chef Júlio Fernandes, são prova de que a tradição pode ser aliada da inovação. Se o Bacalhau é Rei e o prato mais procurado, as nossas preocupações, vegetarianas, vegans e os pratos de carne são constantes. O nosso menu não esquece os mais pequenos com uma ementa especial para eles. Um restaurante com capacidade de 535 lugares divididos em várias salas e com uma esplanada com 150 lugares com uma vista para o Rio Tejo fabulosa. A promoção de eventos, degustações, lançamento de produtos e parcerias com fornecedores completam a nossa oferta de uma viagem gastronómica de excelência!

Endereço: Rua da Pimenta 45 – Zona Ribeirinha Norte – Parque das Nações

 

5 – Dom Feijão

A cozinha tradicional é cumprida à risca para estes lados, um templo de boa comida com lugar cativo em Alvalade. Há que entrar neste restaurante, criado por pessoas vindas de Paredes de Coura, com a ideia de que vai sair satisfeito e com uma barrigada de uma óptima massada de peixe, do farto polvo à lagareiro ou de bons grelhados – quer de carne, quer de peixe. Tem o selo de restaurante familiar, para ir junto com avós e netos, mas recomenda-se marcar mesa, sobretudo ao fim-de-semana.

Endereço: Largo Machado de Assis, 7 DLisboa1700-116

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *